PDF -Canguru de Matemática 2015 - Darwin - CA 9º ano
Wait Loading...


PDF :1 PDF :2 PDF :3 PDF :4 PDF :5 PDF :6 PDF :7 PDF :8 PDF :9 PDF :10


Like and share and download

CA 9º ano

Canguru de Matemática 2015 - Darwin

PDF programa ca nota 20 premiados 9º ano posição Credito Agricola credito agricola pt NR rdonlyres 70074B58 0 9Ano pdf PDF PROGRAMA CA NOTA 20 PREMIADOS 9º ANO Credito Agricola credito agricola pt

Related PDF

programa ca nota 20 premiados - 9º ano posição - Credito Agricola

[PDF] programa ca nota 20 premiados 9º ano posição Credito Agricola credito agricola pt NR rdonlyres 70074B58 0 9Ano pdf
PDF

PROGRAMA CA NOTA 20 PREMIADOS - 9º ANO - Credito Agricola

[PDF] PROGRAMA CA NOTA 20 PREMIADOS 9º ANO Credito Agricola credito agricola pt NR rdonlyres E8C75485 0 9Ano pdf
PDF

Programa CA Nota 20 - Escolas de Mangualde

[PDF] Programa CA Nota 20 Escolas de Mangualde escolasdemangualde pt CANota20 Regulamento2017 18 pdf
PDF

Orientações Curriculares 6º ao 9º ano - Matemática (123-132)

[PDF] Orientações Curriculares 6º ao 9º ano Matemática (123 132) educacao ba gov br orientacoes curriculares 6 ao 9 ano matematica 123132 pdf
PDF

Ciências Naturais 9º Ano Ano Letivo de 2018/2019 - AELC

[PDF] Ciências Naturais 9º Ano Ano Letivo de 2018 2019 AELC aelc pt files alunos cri ava 3ciclo ciencias ca cn 9 ano pdf
PDF

9º Ano - AELC

[PDF] 9º Ano AELC aelc pt files alunos cri ava 3ciclo artes ca ev 9 ano pdf
PDF

Edital - Processo Seletivo Ensino Médio EPSJV - Fiocruz

[PDF] Edital Processo Seletivo Ensino Médio EPSJV Fiocruz processoseletivo epsjv fiocruz br Edital 20PS 202019 pdf
PDF

PROCESSO SELETIVO 2019 Educação Profissional Técnica de

[PDF] PROCESSO SELETIVO 2019 Educação Profissional Técnica de processoseletivo epsjv fiocruz br 2019 20Metodologia 20Sorteio pdf
PDF

Canguru de Matemática 2015 - Darwin

[PDF] Canguru de Matemática 2015 Darwin darwin br wp content 05 geralCanguru nivelC1 pdf
PDF

Canguru de Matemática 2015 - Darwin

Centro Educacional Charles Darwin CANGURU MATEMÁTICO SEM FRONTEIRAS 2018 nível C = 9º ano ensino fundamental 31100046 bronze 9A CA CA
PDF

C.A. BIXIO - MAMMA - 1943

3-2019 Vocal, A-Fan, pp 20-53 - Holdridge Records

Powered by the California Digital Library strong and abrasive, as in Uno ( 1943), in which he curses his pain, or the The pain of life, oh mamma mia! the guitar in Il tango delle capinere (Bixio Cherubini), or the

  1. Powered by the California Digital Library
  2. oh mamma mia
  3. Bixio-Cherubini
  4. Cesare Andrea Bixio Mamma
  5. 1922–1943
  6. ca 1940
  7. Con essi sol la madre il mio tesoro
  8. Bring Me Back My Mamma
  9. Defina and Bixio 2005

CA Blues (Milan Oklopdzic-1987)

Билтен 2015 - Народна библиотека Стеван Сремац - Ниш

Aug 21, 2013 Stockholm The Swedish Academy, 1987 2 Oklopdžić, published in 1981, with the title in English, Ca Blues Oklopdžić, Milan, CA Blues  Milan Oklopdžić imala je u Sjedinjenim Američkim Državama

  1. Oklopdžić
  2. Ca
  3. Blues
  4. Milan
  5. Milan Oklopdžić
  6. imala je u Sjedinjenim Američkim Državama toliki utjecaj da Rabinowitz 1987
  7. from ca 1830
  8. from ca
  9. korusu pjesme Mexico City Blues

CA Duttilità Estratti Cosenza Manfredi Pecce

Vulnerabilità sismica di ponti multi campata in CA e in CAP - Unipd

5 giu 2007 Indagine Sperimentale sulla Risposta Inelastica di Elementi in C A Riparati con G M Verderame, C Mariniello, E Cosenza, G Manfredi Chairman Maria Rosaria Pecce, Giuseppe Campione Indagine Sperimentale sulla Duttilità dei

  1. Rischio sismico di classi di edifici in cemento armato
  2. Vulnerabilità sismica di ponti multi campata in CA e in CAP
  3. E. Cosenza
  4. G. Manfredi
  5. Maria Rosaria Pecce
  6. meccanismi duttili e fragili
  7. i cui estratti si
  8. Cosenza E.
  9. Manfredi G.
  10. Pecce M.

CA Final Audit by Sumit Aggarwal

(Set up by an Act of parliament) - idtc-icais3amazonawscom

taxguru in wp content uploads 2014 12 CA Final I am indeed glad to know that CA Sumit Kumar Aggarwal has authored "A Complete Guide For Advanced Auditing" for CA Final students He has covered the various Standards and other topics meticulously He has taken pains to include

CA Final - Direct Tax Laws Vol. II

Impact of Tax Administration on Government Revenue in a

pelarhotu files wordpress 2015 10 taxmann Practice Manual by – K R Chandratre Snow white Direct Tax Laws for CA Final ( New Syllabus ) by T N Manoharan , G R HARI Taxmann Student Guide To Auditing Standards For CA Final By D S Rawat COMMON

CA Final ISCA Summary Notes

Download Ca Ipcc Question Paper Nov 2009 PDF

casansaar files 1375350964Set II CA Final Deterministic system Probabilistic system gives exact output operate in a predictable manner behavior of the system is known with finappfiles files wordpress 2017 01 audit CHAPTER X Audit and Auditors

ca final law

CA Final Course Paper 4 Chapter 23 Corporate And Allied Laws CA

PDF CA Final Audit and Law Amendments for May 2018 Read More kgma in KGMA CA Final Audit and Law Amendments for May 2018 Examinations pdf PDF ca final law by ca kartik iyer WIRC

  1. ca final law amendments for may 2018
  2. ca final law sebi icdr notes
  3. ca final law sebi notes
  4. ca final law notes
  5. ca final law amendments for nov 2018
  6. ca final law amendments for may 2019
  7. ca final law amendments for nov 2018 pdf
  8. ca final law quick revision notes

CA Final Sfm Formula Booklet by CA Aaditya Jain

Effective Communications: Raising the profile of your archive

casansaar files CA Final SFM Formula concepts & formulae booklet for ca final index s no topic page no 1 mergers & acquistion 3 2 dividend policy 8 3 bond valuation 14 4 mutual funds 21 5 portfolio management 22

CA June 2016 Eng Xaam.in

Download Professional Engineer Exam Questions PDF - Book library

PDF Cs Foundation Syllabus June 2019 Dec 2019 New Changesgumuslukhouses zebra tr cs foundation syllabus june 2019 dec 2019 new changes pdf PDF 2014 March Physical Science Exam Papernewsletter insegnareonline 2014 march physical science exam paper pdf PDF Vision Ias Prelims 2019

Home back1000100110021003 10041005 Next

Description

CADERNO DE ATIVIDADES

Português

Índice

CLASSES DE PALAVRAS

PRONOME VERBO CONJUNÇÃO E LOCUÇÃO CONJUNCIONAL

SINTAXE

COORDENAÇÃO SUBORDINAÇÃO COORDENAÇÃO E SUBORDINAÇÃO: Recapitulando… FUNÇÕES SINTÁTICAS: SUJEITO FUNÇÕES SINTÁTICAS: MODIFICADOR DO NOME FUNÇÕES SINTÁTICAS: COMPLEMENTO DO NOME FUNÇÕES SINTÁTICAS: PREDICADO FUNÇÕES SINTÁTICAS: COMPLEMENTO DIRETO FUNÇÕES SINTÁTICAS: COMPLEMENTO INDIRETO F  UNÇÕES SINTÁTICAS: COMPLEMENTO AGENTE DA PASSIVA FUNÇÕES SINTÁTICAS: MODIFICADOR FUNÇÕES SINTÁTICAS: COMPLEMENTO OBLÍQUO FUNÇÕES SINTÁTICAS: PREDICATIVO DO SUJEITO FUNÇÕES SINTÁTICAS: PREDICATIVO DO COMPLEMENTO DIRETO FUNÇÕES SINTÁTICAS: VOCATIVO FUNÇÕES SINTÁTICAS: Recapitulando…

ANÁLISE DO DISCURSO

DISCURSO DIRETO,

INDIRETO E INDIRETO LIVRE

LÍNGUA,

VARIAÇÃO E MUDANÇA

REGISTOS DE LÍNGUA PALAVRAS DIVERGENTES E CONVERGENTES

LÉXICO

ARCAÍSMOS NEOLOGISMOS

FONÉTICA E FONOLOGIA

PROCESSOS FONOLÓGICOS

RETÓRICA

FIGURAS (OU RECURSOS EXPRESSIVOS)

REPRESENTAÇÃO ORTOGRÁFICA

ACENTUAÇÃO ORTOGRAFIA PONTUAÇÃO CONSTRUÇÃO FRÁSICA

TESTE-EXAME 1

TESTE-EXAME 2

CLASSES DE PALAVRAS

PRONOME (Classe fechada)

ANEXO GRAMATICAL Ficha informativa 3 «Classes de palavras»

Sublinha os pronomes das frases que se seguem e identifica as subclasses a que pertencem

a) Quem é que vai pagar a despesa

b) Ele enviou-lhe uma carta surpreendente

c) A minha bicicleta é mais veloz do que a tua

d) Aquilo que me disseste até parece mentira

f) Estas videiras estão carregadas de uvas,

Pronome interrogativo

Pronomes pessoais

Pronome possessivo

Pronome demonstrativo

Pronome indefinido

Pronome demonstrativo

Reescreve as frases utilizando pronomes pessoais para evitar repetições

a) A Margarida tinha um encontro com o Miguel,

b) O Miguel e a Maria já sabem o filme de cor,

mas querem ver o filme novamente

embora ninguém tenha feito mal ao bebé

d) A Raquel falou com a mãe ao telefone de manhã

esqueceu-se de dar à mãe um recado

A Margarida tinha um encontro com o Miguel,

O Miguel e a Maria já sabem o filme de cor,

O bebé ficou assustado,

embora ninguém lhe tenha feito mal

A Raquel falou com a mãe ao telefone de manhã

esqueceu-se de lhe dar um recado

Completa as seguintes frases com os pronomes demonstrativos adequados

d) Esse penteado fica-te mesmo bem

Assinala os pronomes possessivos

a) As minhas calças são iguais às tuas

b) A nossa casa é muito espaçosa

E a vossa

d) Empresta-me os teus apontamentos,

e) Esta aldeia é bastante acolhedora

E a sua

CLASSES DE PALAVRAS

PRONOME

Identifica os pronomes relativos e os respetivos antecedentes

a) O cantor que venceu o festival recebeu grandes elogios

b) O texto que escreveste está muito bem estruturado

c) Vi o homem sobre quem contaste aquela história

d) Este é o tal perfume de que nós falámos

e) Esse é o ator a quem me referi na semana passada

Constrói frases ligando os pronomes interrogativos da coluna A aos elementos da coluna B

• (1) … é a disciplina em que tens mais dificuldades

• (2) … te ajudou a resolver esse exercício tão complicado

• (3) … são as tuas expectativas para o teu próximo ano letivo

• (4) … queres fazer no dia do teu aniversário

Assinala as frases que contêm pronomes indefinidos

X a) De todos os filmes que vi,

nenhum me agradou mais do que este

b) Esqueci-me da minha calculadora… Emprestas-me a tua

X c) Tens uma folha de teste a mais

? É que eu não tenho nenhuma

X d) Está alguém a tocar à campainha

X e) Choveu tanto que ficou tudo inundado

X f) Hoje,

foram muitas pessoas ao mercado

g) Vamos à geladaria perto da tua casa

? Esta está fechada… X h) De certeza que estão a esconder algo ao João

Pronomes

Pessoais

Demonstrativos

Possessivos

Indefinidos

Relativos

Interrogativos

CLASSES DE PALAVRAS

VERBO (Classe aberta)

ANEXO GRAMATICAL Ficha informativa 3 «Classes de palavras»

Lê o poema apresentado

Melancolia

Olhando distraído o armário eu vi o sol que nele se refletia

E comecei: «um quadrado de luz num retângulo de sombra

Ou talvez um quadro uma equação um exercício de pura geometria

» Mas enquanto fazia isto que faço já o sol no ocidente se escondia deixando no armário um breve traço de profunda melancolia

Manuel Alegre,

Livro do Português Errante,

Dom Quixote,

Forma verbal olhando

Conjugação 1

Verbo irregular

Verbo regular

Gerúndio

Indicativo

Indicativo

Indicativo

Indicativo

Presente

Indicativo

Indicativo

Forma nominal

Gerúndio

a) Presente do indicativo — olho

b) Presente do conjuntivo — olhe

c) Pretérito imperfeito do indicativo — olhava

d) Pretérito imperfeito do conjuntivo — olhasse 5

CLASSES DE PALAVRAS

e) Pretérito perfeito do indicativo — olhei

f) Pretérito mais-que-perfeito do indicativo — olhara

g) Futuro imperfeito do indicativo — olharei

h) Futuro imperfeito do conjuntivo — olhar

b) infinitivo impessoal — olhar

Particípio passado

Regular (forma fraca)

Irregular (forma forte)

a) verbo principal transitivo direto — vi

b) verbo principal intransitivo — comecei

Completa os quadros abaixo reescrevendo-a na primeira pessoa do singular dos tempos compostos

Tempos compostos Modo indicativo

Modo conjuntivo

Pretérito perfeito

Pretérito mais-que-perfeito

Futuro perfeito

Modo condicional

Simples

Composto

CLASSES DE PALAVRAS

a formação dos tempos compostos usados no exercício anterior

Tempo Pretérito perfeito

Modo indicativo

Modo conjuntivo

presente do verbo auxiliar + particípio passado do verbo principal

+ particípio passado do verbo principal

pretérito imperfeito do verbo auxiliar

pretérito imperfeito do verbo auxiliar + particípio passado do verbo principal

Pretérito mais-que-perfeito

futuro imperfeito do + particípio passado do

Futuro perfeito

+ particípio passado do verbo principal futuro imperfeito

Modo condicional Simples

Composto condicional

radical do verbo + vogal temática +

Formas verbais

Gerúndio

Modo imperativo 2

ª pessoa do singular

ª pessoa do plural

CLASSES DE PALAVRAS

nós fazermos

vós fazerdes

Apresenta os particípios passados irregulares dos verbos seguintes

Particípio passado irregular

Particípio passado irregular

Classifica os verbos usados nas frases que se seguem e preenche o quadro abaixo

a) A empresa faliu por falta de receitas

f) Os alunos cantaram muito bem na audição final

b) Ele trouxe o livro da biblioteca municipal

g) A Maria levou os filhos ao Jardim Botânico

h) Os gatos miam muito no mês de janeiro

d) Ela perdeu quatro quilos no mês passado

i) O Bernardo deu um perfume à namorada

e) Eles caminharam durante duas horas

j) Não caibo em mim de contente

Verbos regulares

Verbos irregulares

Verbos defetivos

Cria duas frases para cada tipo de verbo aproveitando as sugestões dadas

a) trabalhar — Resposta livre

b) chilrear — Resposta livre

CLASSES DE PALAVRAS

Insere as formas verbais usadas em cada frase na respetiva coluna do quadro

a) A Maria está contente com os seus resultados

e) O Manuel leu o livro rapidamente

b) O rapaz deu à mãe um ramo maravilhoso

c) A rapariga falou-lhe asperamente

g) O almoço foi feito pelo João

d) A professora considera-o um excelente aluno

Subclasses do verbo Verbo principal transitivo direto e) leu

Verbo auxiliar(1)

Verbo copulativo

«haver» e «ser»

Os verbos «ter» e «haver» auxiliam a formação dos tempos compostos,

enquanto o verbo «ser» é usado como auxiliar da passiva (noutras frases,

o verbo «ser» é copulativo — ex

A  plica o pronome pessoal átono em adjacência verbal completando as frases com as formas dos verbos entre parênteses

Logo vou

b) Costumo separar o lixo em casa

Assim que possa,

c) Os alunos prepararam dramatizações para o fim do ano

Vão semana cultural

d) No verão os gelados são deliciosos

e) Mantém o teu quarto sempre arrumado

Limpa-o

Não deves

g) Protege-te do sol colocando óculos adequados

h) As uvas são frutos muito calóricos

depois de estarem devidamente lavadas

Come-as

(usar) quando saíres à rua em

(comer) em pequenas quantidades e

CLASSES DE PALAVRAS

T  reina,

o uso do pronome pessoal átono reflexo em adjacência verbal completando as frases com as formas apropriadas dos verbos entre parênteses

(lembrar) bem da minha infância

(inscrever) no dia anterior ao concurso

C  onsidera ainda a conjugação pronominal recíproca e completa as frases usando o verbo «cumprimentar-se»

depois de um período longo de afastamento

C  onsidera as seguintes frases retiradas do artigo «O massacre das oliveiras milenares portuguesas»,

incluso na publicação periódica Courrier Internacional,

º 197,

e indica se são frases ativas ou passivas

a) «As políticas europeias não protegem os olivais da produção em massa […]

b) «Algumas oliveiras milenares foram salvas da imersão […]

c) «Nessas “fábricas de azeitona”,

as árvores foram plantadas em filas,

d) «O azeite é um setor minado pelas fraudes

Itália exporta o dobro do que produz

f) «As imensas planícies da região que é hoje o Alentejo “exportavam azeite e trigo até para Roma”,

Forma ativa

Forma passiva

Forma passiva

Forma passiva

Forma ativa

Forma ativa

CLASSES DE PALAVRAS

a) Os olivais não são protegidos da produção em massa pelas políticas europeias

d) As fraudes minam o setor do azeite

e) É exportado por Itália o dobro do que é produzido

f) Azeite e trigo eram exportados das imensas planícies da região que é hoje o Alentejo até para Roma

Passa para a passiva as frases seguintes,

retiradas também da publicação mencionada em 9

a) «Mas este caso de sucesso ecológico não pode esconder o desastre em curso

b) «A barragem de Alqueva […] afogou dezenas de milhares de árvores

c) «O programa de irrigação a baixo custo para mais de 40 mil hectares atraiu investidores espanhóis e portugueses

d) «[…] o País viu nos olivais irrigados uma oportunidade para corrigir a balança comercial […]

e) «As árvores atingem o pico da produção a partir do terceiro ano

Mas o desastre em curso não pode ser escondido por este caso de sucesso ecológico

Dezenas de milhares de árvores foram afogadas pela barragem de Alqueva

Investidores espanhóis e portugueses foram atraídos pelo programa de irrigação a baixo custo para mais de 40 mil hectares

Uma oportunidade para corrigir a balança comercial foi vista pelo país nos olivais irrigados

O pico da produção é atingido pelas árvores a partir do terceiro ano

Transforma as seguintes frases passivas em frases ativas

o esforço de recuperação do património vegetal foi ignorado pelas autoridades

b) Este esforço fora distinguido com uma menção honrosa pela CPADA na cerimónia de atribuição do Prémio Nacional do Ambiente

c) Apenas umas migalhas dos subsídios agrícolas da UE têm sido recebidas pelos pequenos olivicultores

Em 2011,

as autoridades ignoraram o esforço de recuperação do património vegetal

A CPADA distinguira este esforço com uma menção honrosa na cerimónia de atribuição do Prémio Nacional do Ambiente

Os pequenos olivicultores têm recebido apenas umas migalhas dos subsídios agrícolas da UE

CLASSES DE PALAVRAS

d) Grande parte do azeite vendido com etiqueta italiana é reexportado por Portugal

e) Algumas oliveiras milenares foram vendidas pelos olivicultores

f) A viabilidade económica será a melhor arma usada pelos alentejanos para proteger os seus olivais

Portugal reexporta grande parte do azeite vendido com etiqueta italiana

Os olivicultores venderam algumas oliveiras milenares

Os alentejanos usarão a viabilidade económica como a melhor arma para proteger os seus olivais

Procede às alterações necessárias,

de modo a conferires a cada frase o significado pretendido

a) Preparar o estudo atempadamente

e) Visitar o Mosteiro dos Jerónimos

Devia preparar o estudo atempadamente

Estou a aprender a tocar clarinete

Na próxima semana,

Acabei de ler o livro Contos,

Vou visitar o Mosteiro dos Jerónimos

Comecei,

Valor aspetual Significado

Complexos verbais

Exemplos

Início da ação (ingressivo)

Resposta livre

Fim da ação (terminativo)

Resposta livre

Duração da ação (durativo)

Resposta livre

Resposta livre

Realização gradual da ação (progressivo)

Valor temporal Futuro próximo da ação

Resposta livre

Intenção futura da ação

Resposta livre

Valor modal

Necessidade ou obrigatoriedade

dever + infinitivo ter de + infinitivo

Resposta livre

Probabilidade ou possibilidade

Resposta livre

CLASSES DE PALAVRAS

a) A professora havia de ditar o sumário no fim da aula

b) O aluno deixou de falar assim que foi advertido

c) Já comecei a ler o Auto da Barca do Inferno

d) Irei ler Os Lusíadas com entusiasmo

e) Ando a estudar com mais empenho neste período

f) Os deuses podiam decidir o futuro dos portugueses

g) Os textos devem ser lidos atentamente

h) Vénus ia ajudando os nautas nos momentos difíceis

realização gradual da ação

Resposta livre

Resposta livre

Resposta livre

Resposta livre

Resposta livre

Resposta livre

Refere se nas frases que se seguem está presente a modalidade apreciativa,

a) Não podes falar alto em sítios públicos

c) Tenho a certeza de que adoras a praia

d) Duvido que faças tudo até à hora de jantar

e) Aprecio em ti o teu bom humor

f) Preenche já o cabeçalho da prova

g) Importas-te de estar calado

h) Irrita-me quando não me consigo lembrar da matéria

i) O criminoso terá sido preso ontem

k) É provável que ele venha mais cedo

CLASSES DE PALAVRAS

CONJUNÇÃO E LOCUÇÃO CONJUNCIONAL (Classe fechada)

ANEXO GRAMATICAL Ficha informativa 3 «Classes de palavras»

Conjunção coordenativa e locução conjuncional coordenativa 1

Assinala (X) a subclasse de cada uma das conjunções/locuções conjuncionais coordenativas usadas nas frases

Copulativas

Adversativas

Disjuntivas

a) O  Pedro teve um furo no pneu

não chegou a horas

Explicativas

c) O  ra faz os trabalhos de casa ora vê televisão

d) A  Maria tanto estuda como ajuda os pais no restaurante

Conclusivas

Identifica as conjunções ou locuções conjuncionais coordenativas nas frases que se seguem

Depois,

a) Preferes ir passear ou ficamos aqui na esplanada

mas ainda lhe falta preencher a ficha de leitura

c) A Susana é uma rapariga corajosa,

irei à praia quer chova quer faça sol

não posso fazer o bolo

f) O avô conta histórias interessantes e sabe jogar muito bem às cartas

g) Não demores muito que eu estou cheia de pressa

h) O Diogo não só tem uma alimentação cuidada como também pratica desporto

Conjunção coordenativa disjuntiva

Conjunção coordenativa adversativa

Conjunção coordenativa explicativa

Locução conjuncional coordenativa disjuntiva

Conjunção coordenativa conclusiva

Conjunção coordenativa copulativa

Conjunção coordenativa explicativa

Locução conjuncional coordenativa copulativa

CONJUNÇÃO E LOCUÇÃO CONJUNCIONAL

CLASSES DE PALAVRAS

Une as seguintes orações com as conjunções coordenativas apropriadas

a) O João venderá o apartamento

Comprará uma vivenda

Estou confiante

não podes beber água da torneira

Não é potável

Não alcançou o lugar pretendido

O João venderá o apartamento e comprará uma vivenda

Fartei-me de estudar

não podes beber água da torneira,

A Ana trabalhou muito,

mas não alcançou o lugar pretendido

C  ompleta as frases com as conjunções ou locuções conjuncionais coordenativas adequadas,

tendo em conta a informação entre parênteses

a) Os resultados da estatística não foram bons

c) A rapariga não se preparou minimamente para o teste

d) O André não vai comer essa sobremesa,

(explicativa) é alérgico aos morangos

C  onstrói frases ligando os elementos da coluna A aos da coluna B,

de forma a obteres um conjunto de conhecidos provérbios

(b) Exército bem provido tarde…

• (2) … nem mal que nunca acabe

• (3) … ou nunca é vencido

(d) A palavra não é uma seta,

• (4) … e não o que eu faço

(e) Não há bem que sempre dure…

• (5) … ou é pecado ou faz mal

• (6) … tanto está molhado como enxuto

(a) tanto… como — locução conjuncional coordenativa copulativa (b) ou — conjunção coordenativa disjuntiva (c) e — conjunção coordenativa copulativa (d) mas — conjunção coordenativa adversativa (e) nem — conjunção coordenativa copulativa (f) ou… ou — locução conjuncional coordenativa disjuntiva

CLASSES DE PALAVRAS

CONJUNÇÃO E LOCUÇÃO CONJUNCIONAL

Conjunção subordinativa e locução conjuncional subordinativa 1

A lista que se segue inclui conjunções subordinativas

Sublinha-as

U  ne as frases com as conjunções ou locuções conjuncionais subordinativas adequadas,

tendo em conta a informação entre parênteses

Faz as alterações que consideres necessárias

a) Elas queriam fazer uma viagem

Não tinham dinheiro

Adormeci no sofá

c) Partimos de Coimbra de manhãzinha

Podemos passar por Viseu

d) Não me apetece ir convosco

Estou cheia de dores de cabeça

e) A Luísa não gosta de ir à praia

Está muito vento

Saiu a abelha

Elas queriam fazer uma viagem,

Tinha tanto sono que adormeci no sofá

Se partirmos de Coimbra de manhãzinha,

Não me apetece ir convosco,

porque estou cheia de dores de cabeça

A Luísa não gosta de ir à praia quando está muito vento

Ele abriu a janela para a abelha sair

Constrói frases em que utilizes as conjunções solicitadas

a) Conjunção subordinativa completiva

b) Conjunção subordinativa temporal

c) Conjunção subordinativa comparativa

d) Conjunção subordinativa causal

e) Conjunção subordinativa condicional

f) Conjunção subordinativa concessiva

Resposta livre

Resposta livre

Resposta livre

Resposta livre

Resposta livre

Resposta livre

CONJUNÇÃO E LOCUÇÃO CONJUNCIONAL

CLASSES DE PALAVRAS

Classifica as conjunções/locuções conjuncionais destacadas nas frases que se seguem

a) Estava tanto calor que fomos para a esplanada

não vou sair de casa

c) Liguei-te assim que vi a tua chamada no meu telemóvel

d) Vou lutar para alcançar o meu grande objetivo

Conjunção subordinativa consecutiva

Conjunção subordinativa condicional

Locução conjuncional subordinativa temporal

Conjunção subordinativa final

L' iga os elementos da coluna A aos da coluna B,

de forma a obteres um conjunto de conhecidos provérbios

(a) Mais depressa se apanha um mentiroso…

• (1) … que atrás vem gente

• (2) … enquanto o coração chora

(c) Má vizinha à porta é pior…

• (3) … a manhã rompe sempre

• (4) … se queres respeito

(f) Ainda que o galo não cante,

• (6) … temos de os partir

(g) Não gozes com o mal do teu vizinho,

• (7) … vai a montanha a Maomé

(h) Água mole em pedra dura…

• (8) … do que lagarta na horta

• (9) … porque o teu vem a caminho

(j) Se Maomé não vai à montanha,

• (10) … tanto bate até que fura

(a) do que — locução subordinativa comparativa (b) que — conjunção subordinativa causal (c) do que — locução subordinativa comparativa (d) enquanto — conjunção subordinativa temporal (e) se — conjunção subordinativa condicional (f) ainda que — locução subordinativa concessiva (g) porque — conjunção subordinativa causal (h) até que — locução subordinativa temporal (i) para — conjunção subordinativa final (j) se — conjunção subordinativa condicional (k) antes que — locução subordinativa temporal 17

SINTAXE

COORDENAÇÃO

ANEXO GRAMATICAL Ficha informativa 6 «Coordenação e subordinação»

Completa as afirmações aplicando os conhecimentos que já possuis acerca da coordenação

conjunção As orações coordenadas estão ligadas por uma ou locução coordenativa independência conjuncional e cada uma delas mantém uma certa

sindética locução A coordenação pode ser se a conjunção/ conjuncional coordenativa que introduz uma das orações coordenadas estiver assindética expressa

Caso isso não aconteça,

copulativas É possível classificar as orações coordenadas em cinco grupos: ,

adversativas disjuntivas conclusivas explicativas ,

Faz corresponder os conceitos da coluna A à informação dada na coluna B

(a) Orações coordenadas copulativas

• (1) Estabelecem uma relação de oposição ou contraste

(b) Orações coordenadas adversativas

(c) Orações coordenadas disjuntivas

• (3) Indicam uma ideia de adição ou sequência

(d) Orações coordenadas conclusivas

• (4) Apresentam uma alternativa

(e) Orações coordenadas explicativas

• (5) Exprimem uma conclusão

Completa o quadro que se segue identificando e classificando as conjunções/locuções conjuncionais coordenativas presentes nas frases

Conjunções/Locuções conjuncionais coordenativas

Classificação

a) A velhinha ora fazia croché ora dormitava

b) H  á muito trabalho pendente,

mas ninguém tem vontade de trabalhar

conjunção coordenativa adversativa

conjunção coordenativa explicativa

d) A  Sara estava com pressa,

conjunção coordenativa explicativa

queres ir à praia ou à piscina

conjunção coordenativa disjuntiva

conseguiu entrar no curso que desejava

conjunção coordenativa conclusiva

conjunção coordenativa conclusiva

conjunção coordenativa copulativa

g) A  hora do recreio terminou

! h) Comprei o bilhete e fui ao cinema

COORDENAÇÃO

SINTAXE

Delimita e classifica as orações que compõem as frases seguintes

a) Abre a porta e vais ter uma surpresa

a Vanessa não fez o habitual passeio matinal

os meus sobrinhos não foram à escola,

d) A Joana queria ir de férias,

e) O avô ora trabalha ora vai à caça

g) O fecho das minhas calças nem abre nem fecha

h) Ou vais comigo ou ficas em casa

i) O Tiago não trouxe trabalhos de casa

pode ver televisão à vontade

Orações coordenadas copulativas

Orações coordenadas conclusivas

Orações coordenadas explicativas

Orações coordenadas adversativas

Orações coordenadas disjuntivas

Orações coordenadas explicativas

Orações coordenadas disjuntivas

Orações coordenadas disjuntivas

Orações coordenadas conclusivas

C  lassifica (X) como verdadeiras ou falsas as afirmações seguintes

Depois,

corrige a(s) que consideraste falsa(s)

Correção

dizemos que as orações são explicativas

e) A  s'frases coordenadas com conjunção são denominadas assindéticas

… com conjunção são denominadas sindéticas

f) S  e numa frase aparece a conjunção «portanto»,

consideramos que as orações são coordenadas explicativas

consideramos que as orações são coordenadas conclusivas

g) A  s'orações coordenadas estão ligadas por uma conjunção ou locução conjuncional coordenada

… conjunção ou locução conjuncional coordenativa

a) S  empre que numa frase surge a conjunção «mas»,

consideramos que as orações que as constituem são coordenadas adversativas

b) Q  uando numa frase aparecem duas orações ligadas através da conjunção «pois»,

dizemos que as orações são conclusivas

c) S  e encontrarmos uma frase cujas orações sejam ligadas por «e»,

sabemos que as orações são coordenadas copulativas

d) S  e numa frase as orações estão ligadas por «ou»,

sabemos que as orações são coordenadas disjuntivas

SINTAXE

SUBORDINAÇÃO

ANEXO GRAMATICAL Ficha informativa 6 «Coordenação e subordinação»

Completa a afirmação aplicando os conhecimentos que já possuis acerca da subordinação

A subordinação é um processo de ligação entre duas orações em que uma dependente se torna da outra,

estando as mesmas ligadas por conjunções subordinativas ou locuções conjuncionais

A uma dá-se o nome de principal ou subordinante subordinada ,

Completa o quadro que se segue identificando e classificando as conjunções/locuções conjuncionais subordinativas presentes nas frases

Conjunções/Locuções conjuncionais subordinativas

Classificação

conjunção subordinativa temporal

conjunção subordinativa causal

c) O  rapaz tirou a carta de condução para poder conduzir o carro do pai

conjunção subordinativa final

embora estejamos bem financeiramente

conjunção subordinativa concessiva

conjunção subordinativa consecutiva

já que

locução conjuncional subordinativa causal

h) O  professor escreveu no quadro para que não houvesse quaisquer dúvidas acerca da matéria

locução conjuncional subordinativa final

locução conjuncional subordinativa comparativa

Frases a) E  nquanto a criança dormia a mãe aproveitou para fazer a limpeza

f) E  stou tão esfomeado que vou repetir o prato principal

i) E  ste filme é mais comovente do que esperava

a) Enquanto a criança dormia,

(subordinada adverbial temporal) / a mãe aproveitou para fazer a limpeza

(subordinante) b) Trouxe o casaco,

(subordinante) / porque está muito frio

(subordinada adverbial causal) c) O rapaz tirou a carta de condução (subordinante) / para poder conduzir o carro do pai

(subordinada adverbial final) d) Se fores a Paris,

(subordinada adverbial condicional) / traz-me uma lembrança

! (subordinante) e) Temos de poupar,

(subordinante) / embora estejamos bem financeiramente

(subordinada adverbial concessiva) f) Estou tão esfomeado (subordinante) / que vou repetir o prato principal

(subordinada adverbial consecutiva) 20

SUBORDINAÇÃO

SINTAXE

(subordinada adverbial causal) / encomendo-te uma dúzia deles

(subordinante) h) O professor escreveu no quadro (subordinante) / para que não houvesse quaisquer dúvidas… (subordinada adverbial final)

i) Este filme é mais comovente (subordinante) / do que esperava

! (subordinada adverbial comparativa)

Para saberes a diferença entre as orações subordinadas adjetivas relativas restritivas e as explicativas,

faz corresponder os conceitos da coluna A à informação dada na coluna B

(a) O  rações subordinadas adjetivas relativas restritivas

tornam mais claro o seu sentido,

mas não são indispensáveis ao sentido essencial da oração principal

São isoladas por vírgulas

(b) O  rações subordinadas adjetivas relativas explicativas

Não são isoladas por vírgulas

a) As crianças que iam atrás não ouviram a explicação do guia turístico

As crianças (subordinante) / que iam atrás (subordinada adjetiva relativa restritiva) / não ouviram a explicação

não puderam vir de férias

Neste ano,

(subordinante) / que vivem na Suíça,

(subordinada adjetiva relativa explicativa) /

não puderam vir de férias

a) Restritiva — Resposta livre

b) Explicativa — Resposta livre

Delimita e classifica as orações que compõem as frases que se seguem

a) Aqueles que não separam o lixo perdem uma oportunidade de contribuir para um ambiente melhor

Aqueles (elemento subordinante) / que não separam o lixo (sub

relativa restritiva) / perdem uma oportunidade (subordinante

da completiva) / de contribuir para um ambiente melhor (sub

cujo elemento subordinante é «oportunidade»)

não se apercebeu de que o telemóvel tinha tocado

A Inês,

(elemento subordinante) / que estava na conversa,

(subordinada adjetiva relativa explicativa) / não se apercebeu

(subordinante da completiva) / de que o telemóvel tinha tocado

(subordinada substantiva completiva)

d) A velhinha trabalha imenso,

Caso o avô não melhore,

(subordinada adverbial condicional) / temos de o levar ao hospital

A velhinha trabalha imenso,

(subordinante) / embora não tenha saúde

(subordinada adverbial concessiva)

SINTAXE

SUBORDINAÇÃO

f) É melhor começarmos já a organizar a papelada para termos tudo pronto atempadamente

É melhor começarmos já a organizar a papelada (subordinante) / para termos tudo pronto atempadamente

g) A criança ficou tão envergonhada que desatou a chorar

h) Sei que não te vais arrepender de fazer o bem a quem dele necessite

Sei (subordinante) / que não te vais arrepender de fazer bem ao mendigo

(subordinada substantiva completiva) / de fazer bem

(subordinada substantiva completiva)

Antes que te arrependas,

(subordinada adverbial temporal) / pensa bem no que vais fazer

A criança ficou tão envergonhada (subordinante) / que desatou a chorar

(subordinada substantiva consecutiva)

em que apliques cada uma das conjunções seguintes

a) Conjunção subordinativa temporal — Resposta livre

b) Conjunção subordinativa final — Resposta livre

c) Conjunção subordinativa comparativa — Resposta livre

d) Conjunção subordinativa condicional — Resposta livre

e) Conjunção subordinativa causal — Resposta livre

f) Conjunção subordinativa concessiva — Resposta livre

Constrói frases complexas ligando os elementos da coluna A aos da coluna B

(a) Embora não esteja de acordo,

(b) O  Miguel não foi à festa com os amigos,

(c) Como havia muito gelo na estrada,

• (3) … porque estava muito cansado

(d) Os bombeiros lutaram quanto puderam…

• (4) … farei a viagem dos meus sonhos

• (5) … para combaterem o incêndio

• (6) … pensa bem no que vais fazer

• (2) … podes contar com o meu apoio

SUBORDINAÇÃO

SINTAXE

(a) Embora não esteja de acordo,

(subordinada adverbial concessiva) / podes contar com o meu apoio

(subordinante) (b) O Miguel não foi à festa com os amigos,

(subordinante) / porque estava muito cansado

(subordinada adverbial causal) (c) Como havia muito gelo na estrada,

adverbial causal) / o Pedro teve de conduzir com mais cuidado

(subordinante) (d) Os bombeiros lutaram quanto puderam (subordinante) / quanto puderam (sub

final) (e) Se tudo correr bem,

(subordinada adverbial condicional) / farei a viagem dos meus sonhos

(subordinada adverbial temporal) / pensa bem no que vais fazer

Completa as frases com informações relativas às conjunções e locuções subordinativas

a) A locução «ainda que» introduz uma oração subordinada adverbial concessiva

b) A conjunção «enquanto» introduz uma oração subordinada adverbial temporal

c) A locução «visto que» introduz uma oração subordinada adverbial causal

d) A locução «apesar de» introduz uma oração subordinada adverbial concessiva

e) A conjunção «para» introduz uma oração subordinada adverbial final

f) A locução «dado que» introduz uma oração subordinada adverbial causal

g) A locução «a não ser que» introduz uma oração subordinada adverbial condicional

Classifica (X) como verdadeiras ou falsas as afirmações seguintes

Depois,

corrige a(s) que consideraste falsa(s)

Correção

… pode ser subordinada adverbial temporal (verbo no indicativo) ou condicional (verbo no conjuntivo)

d) S  e numa frase surge a conjunção «para»,

estamos sempre perante uma oração subordinada adverbial final

… estamos perante uma oração subordinativa substantiva completiva ou subordinada adverbial final

e) C  aso surja a conjunção «porque» numa frase,

pode-se afirmar que a oração que a constitui é coordenada adverbial causal

… é subordinada adverbial causal

… conjunção ou locução conjuncional subordinativa

a) A  s'frases subordinadas desempenham uma função sintática face ao elemento ou oração subordinante

b) Q  uando numa frase surge a locução «desde que»,

considera-se que a oração que a constitui é sempre subordinada adverbial temporal

c) Q  uando numa frase aparece a locução «já que»,

diz-se que a oração é subordinada adverbial causal

f) S  e numa frase aparece a conjunção «conquanto»,

considera-se que a oração é subordinada adverbial concessiva

g) A  s'orações subordinadas estão ligadas por uma conjunção ou locução conjuncional subordinada

h) S  ubordinante é o constituinte ou frase de que depende uma oração subordinada

SINTAXE

COORDENAÇÃO E SUBORDINAÇÃO Recapitulando…

ANEXO GRAMATICAL Ficha informativa 5 «Funções sintáticas»

Relembrando o que aprendeste acerca da coordenação e da subordinação,

responde às questões selecionando a opção correta

(A) Condicional

(B) Completiva

(A) Disjuntiva

(B) Copulativa

a não ser que não tenha tempo

» classifica-se como

(B) É provável que a Sandra não chegue a horas

(C) A Sofia disse que ia até à biblioteca

(D) Penso que podias ter feito muito melhor

(A) Oração subordinada adjetiva relativa explicativa

(B) Oração subordinada substantiva completiva

X (C) Oração subordinada adjetiva relativa restritiva

(A) Como a Rita se portou bem,

(B) Como sabes a matéria,

(A) «O Rui,

(B) «como era o mais velho»

(A) Mesmo que não me ajudes,

(B) Ela falou tão alto que toda a gente olhou

(C) Ele disse que tu não tinhas feito os trabalhos de casa

X (C) Adversativa (D) Comparativa X (C) Causal (D) Conclusiva

(A) subordinada adverbial causal

(C) subordinada adverbial temporal

X (B) subordinada adverbial condicional

(D) subordinada adverbial concessiva

X (A) Nevou tanto que não saí de casa

(D) Oração subordinada substantiva relativa sem antecedente

X (C) A criança cantava como um rouxinol

X (D) Acompanha-me,

X (C) «O Rui tinha de dar o exemplo» (D) «tinha de dar o exemplo»

SINTAXE

FUNÇÕES SINTÁTICAS: SUJEITO

ANEXO GRAMATICAL Ficha informativa 5 «Funções sintáticas»

Considera o conjunto de frases apresentado

f) É prioritário que faças todos os deveres

c) Eu e ele fomos à biblioteca

g) Perderam-se dois livros importantes

d) Os meus filhos são muito queridos

h) Mercúrio e Marte são planetas do Sistema Solar

a) O: determinante artigo definido

José: nome próprio

b) Este: determinante demonstrativo

e: conjunção coordenativa copulativa

ele: pronome pessoal d) Os: determinante artigo definido

filhos: nome comum e) Passear: verbo

todos: quantificador universal

g) dois: quantificador numeral

importantes: adjetivo h) Mercúrio: nome próprio

e: conjunção coordenativa copulativa

Marte: nome próprio 2

Distingue o sujeito simples (SS) do sujeito composto (SC) nas frases que se seguem

a) As raparigas e as mães gostam de fazer compras juntas

b) «Quem te avisa teu amigo é

a Maria e uma amiga irão à tarde ao cinema

d) «Deitar cedo e cedo erguer dá saúde [

e) Os jovens da minha rua praticam desporto ao sábado de manhã

f) Encheu-se o céu de estrelas naquela noite

Tendo por base frases retiradas do conto «A aia» de Eça de Queirós,

(A) «A rainha»

(B) «o rei»

outro menino dormia noutro berço

(A) simples

(B) simples («noutro berço»)

(C) simples e constituído por um pronome indefinido e um nome

X (C) simples («A rainha») e constituído por um determinante artigo definido e um nome

(D) simples («o rei») e constituído por um determinante artigo definido e um nome

X (D) simples («Outro menino») e constituído por um determinante indefinido e um nome

SINTAXE

FUNÇÕES SINTÁTICAS: SUJEITO

seguiam num respeito tão comovido […]

(B) «Senhores,

(C) composto

(D) «num respeito»

aquele lento mover da sua mão aberta